Mary Help Agendamento Online

Jardineiro

Encontre a unidade mais próxima
Jardineiro Contratar Serviços Mary Help Diaristas e Mensalistas

O que faz: Jardineiro

Tem como atividade covear e abrir valas, considerando as condições e propriedades estabelecidas, fazer à limpeza de regiões cultivadas, tais como canteiros, jardins e viveiros, e realizar as podas fundamentais, preparar formas para o plantio de sementes e mudas, acumulando terriço em pontos determinados, peneirando-o, tirando impurezas, adicionando material orgânico, adubos ou corretivos, colocando-os nos recipientes certos.

Plantar sementes de plantas ornamentais, arbóreas ou frutíferas e hortaliças em sementeiras ou áreas preparadas, recobrindo-as com material correto e regando-as para germinação; estudar as instruções preestabelecidas quanto a alinhamento, balizamento e coroamento de mudas; – contribuir em experiências que visem à germinação e o melhoramento de espécies de vegetais; – demarcar, sob supervisão, pomares, hortas e demais cultivos tendo em vista o espaçamento certo a cada tipo de cultura; – aplicar defensivos agrícolas, com orientação superior.

Administrar sementes e mudas de plantas, procedendo ao registro de informações quanto à espécie, qualidade e objetivo, bem como identificando o beneficiário, a fim de que possa ser feito o auxílio profissional da desenvolvimento do cultivo; – operar motosserra para podar árvores, sob orientação e de acordo com normas recebidas; – operar equipamentos designados à irrigação do solo, de acordo com normas recebidas; – preocupar-se pelo material, equipamentos e ferramentas colocados sob sua responsabilidade e solicitar, quando necessário, a compra ou assistência dos mesmos; – plantar mudas e sementes em praças, parques, canteiros, ruas e jardins.

Cuidado com o terreno

Para a colocação de um jardim, primeiro deve-se organizar o terreno – fazer capina de limpeza, realizar a drenagem ou aeração e, também, o nivelamento das regiões, de acordo com o que for determinado no planejamento. Além disso, precisam ser feitas as marcações dos recursos de acesso e demais trabalhos, como formas de irrigação, iluminação, entre outros. Só então devem ser criados os trabalhos de implantação conforme citados. No preparo para o plantio estabelece a correção do solo, uma vez que suas propriedades físicas e minerais provocam totalmente no crescimento das plantas.

Como funciona o Plantio

Plantar certo as mudas estabelece seu bom crescimento, pois essas necessitam de espaço e de ficarem bem enraizadas para crescerem fortes. O plantio pode ser feito em linha, canteiros, ou em vaso, de acordo com a espécie plantada e do objetivo do jardim. Seja em cova ou em canteiros, é necessário fazer a irrigação do solo, molhando bastante a terra na fase de formação das mudas. Não pode faltar água em que as plantas consigam se desenvolver mais rápido.

Para a boa administração dos jardins, a adubação deve ser periódica e feita dando-se os macros e micronutrientes por meio de adubação em cobertura ou pulverização foliar. Isso é feito para atender constantemente as exigências nutricionais das plantas durante todo o seu período anual.

Nessa função podem ser utilizados alguns fertilizantes químicos quanto orgânicos. Jamais existe um que já seja considerado mais forte, por isso, dê preferência ao dois, uma vez que a influência de um completa a ação do outro.

Como fazer uma boa Poda

Fundamentalmente, um jardim precisa de três formas de podas: o corte de limpeza, feita ao longo de todo o ano, em qualquer período, desde que as plantas demonstrem que é importante; a de formação, tendo em vista dar forma correta às plantas; e a de produção, feita para diminuir a copa ou folhagem, resultando em maior produção de flores ou frutos.

A eliminação de ramos em uma poda deve observar duas regras básicas: primeiro a definição do local, no ramo, onde ocorrerá o corte, que deve ser feito logo após e o mais próximo possível do centro de brotação, sem atingi-la. Se o corte for feito muito fora da gema, acaba levando surgir um pedaço de ramo morto sobre ela que, além de prejudicar esteticamente o plantio, também se constitui em porta de entrada para patógenos.

A segunda regra é o corte em bisel, ou seja, o corte do ramo deve ser inclinado. Essa regra aumenta em influência, à medida que o ramo é mais grosso e lenhoso. O corte em bisel interrompe o acúmulo de água na área do corte, que seria capaz de causar apodrecimentos.

Outra forma de poda é a que se refere ao controle de desenvolvimento em altura, que é feita cortando-se os galhos que nascem para cima e os que saem do alinhamento da copa da planta. Com isso se determina a altura e permanece a copa no formato esperado.

Mary Help Agendamento de Diaristas Online
Mary Help Diaristas e Faxineiras

Mary Help Contratar Jardineiro

Se você é cliente e deseja CONTRATAR SERVIÇOS, utilize este formulário abaixo

Localize a unidade mais próxima de você:

ou
ou

Usar localização Usar minha Localização

+ Mostrar todas as opções de buscas
Não há unidades próximas

Faça uma busca novamente ou acesso todas as unidades

Para pedidos de emprego clique aqui

SEJA UM FRANQUEADO
de Sucesso!

Mary Help - © 2018 - Todos os direitos reservados

Marketing Digital
Mary Help Aplicativo


Buscando unidades